Seguidores

Ar - Olga Savary


É da liberdade destes ventos
que me faço.

Pássaro-meu corpo
(máquina de viver),
bebe o mel feroz do ar
nunca o sossego.



Um comentário:

  1. Muito Lindo

    A imagem é de tirar o fôlego.
    Bom final de semana.

    ResponderExcluir