Seguidores

Com sabor a mar - Marina Colasanti


Toda noite eu passei
no colo do passado, que
passo à frente
passo atrás
entre os braços me ninava.
Nem era sono
nem era vigília
era como se em água eu chapinhasse
ora funda
ora rasa
e era morna
e com sabor a mar,
água que lambia minha boca
e cicatrizava as feridas.



Um comentário:

  1. Parabéns. Seu blog é maravilhoso. Tudo é lindo, as poesias, as imagens, as músicas. Lindo.
    Boa noite.

    ResponderExcluir