Seguidores

Emily Dickinson

Escondo-me na minha flor,
Para que, murchando em teu vaso,
tu, insciente, me procures -
Quase uma solidão.



Nenhum comentário:

Postar um comentário