Seguidores

Paisagem - Murilo Mendes

Do sino vazio
Voam esquadrilhas de pássaros.
No oco da lâmpada
Irrompe a floresta
(Ninguém para me asfixiar).

O quarto caminha
Até o fundo do horizonte.
O espelho se contrai,
Vãos ornamentos,
Pernas tronco soluços.

Nenhum comentário:

Postar um comentário