Seguidores

Chove! - José Gomes Ferreira


Chove...

Mas isso que importa!,
se estou aqui abrigado nesta porta
a ouvir a chuva que cai do céu
uma melodia de silêncio
que ninguém mais ouve
senão eu?

Chove...

Mas é do destino
de quem ama
ouvir um violino
até na lama.


Um comentário:

  1. É preciso tentar ver o sol ainda que chova.Oi Nádia você traz tanto poema lindo.Seu blog além de maravilhoso, é um mar de cultura.
    Vou me ausentar na semana que vem. To indo pra roça. Fique com Deus.

    ResponderExcluir