Seguidores

Chuva - H. Dobal


A chuva cata segredos
nas folhas vivas da tarde.
O leve passar do vento,
o lento passar do tempo
nas folhas vivas da tarde.
E a chuva a chuva,
as águas doces da chuva,
no lento apodrecer
das folhas mortas da tarde
vão despertando os segredos da vida.


Um comentário:

  1. O poema e a imagem, ligação perfeita.
    Imagino-me a ouvir o poetico som da chuva.
    Adorei!
    Deixei mais 2 selinhos no meu blog para você, espero que goste.
    beijinhos

    ResponderExcluir