Seguidores

A cançãozinha do primeiro desejo - Garcia Lorca

Na manhã verde,
queria ser coração.
Coração.

E na tarde madura
queria ser rouxinol.
Rouxinol.

(Alma,
põe-te cor de laranja.
Alma,
põe-te da cor do amor.)

Na manhã viva,
eu queria ser eu.
Coração.

E na tarde caída
queria ser minha voz.
Rouxinol.

Alma,
põe-te cor de laranja!
Alma,
põe-te da cor do amor!


Nenhum comentário:

Postar um comentário