Seguidores

Uma flauta toca - Tu Fu


Múrmura brisa
me traz o som
da flauta clara
lá na montanha enluarada.

Onde haverá
flauta tocada
no coração
que me retorne
ao lar?

De brisa o som
enche-me as salas
tal como o luar
cobre as montanhas
e os vales.

Noite como esta
as hordas bárbaras
no Norte entraram.
E a melodia
me acompanhava
na longa via
em que fugia
até o Sul.

Quando o salgueiro
os ramos pende
na noite fria
nus.

No triste inverno,
como esperar
pelo milagre
de lhe nascerem
folhas?


Nenhum comentário:

Postar um comentário