Seguidores

Primavera - Cecília Meireles


É certo que a primavera chega.
É certo que a vida não se esquece,
e a terra maternalmente se enfeita
para as festas da sua perpetuação.
Tudo isto para brilhar um instante, 
apenas, para ser lançado ao vento,
— por fidelidade à obscura semente,
ao que vem, na rotação da eternidade.

Saudemos a primavera, dona da vida — e efêmera.

2 comentários:

  1. Bela imagem...Belo poema sobre a Primavera...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir