Seguidores

Apesar da sede - Graça Pires



Tudo podia ser mais simples.
Mas a infância fica tão longe
e os espelhos começaram
a gritar-me uma inocência
que deixou de ser minha
para sempre.
O que quero dizer
acompanha, devagar,
o movimento do sol.
E são cada vez mais lentos
os passos que me levam
na direção das nascentes.
Apesar da sede.


Um comentário:

  1. A vida passando lenta,a busca insaciável, os espelhos sinalizando.Um poema real. Tão lindo NÁDIA!

    ResponderExcluir