Seguidores

Poema - Glória de Sant'Anna

  Esta última lágrima
era de oiro

Aqui estou
como uma pétala solta

O vento me levará
ao último azul

E serei horizonte



Nenhum comentário:

Postar um comentário