Seguidores

Enseada - Elizabeth F. de Oliveira

Fulgura em teus olhos
uma luz sufocada,
ânsia prévia de ser mar,
antes de ser enseada;
testemunha ocular
dessa saudade represada
na solidão do teu olhar.





2 comentários:

  1. Nádia, ficou linda a imagem, casou perfeitamente com o poema. Meu terno obrigada pela postagem.
    Abçs,

    ResponderExcluir
  2. Que bom que você gostou, Elizabeth!
    Quero lhe agradecer pela presença, comentários e pelos belos poemas!

    Abraços :)

    ResponderExcluir