Seguidores

Sem retorno - Helena Kolody


Nada se repete na travessia.
Longa despedida sem retorno.

Marcos de nunca mais
balizam o contínuo transformar-se.

Vivos desenhos de sombra
sublinham o passante
e se desvanecem
ao anoitecer.


Um comentário:

  1. Não gosto desses marcos! Longo é, por vezes, o caminho de sombras...

    Beijinho

    ResponderExcluir