Seguidores

Saudade - Gilka Machado


De quem é esta saudade
que meus silêncios invade,
que de tão longe me vem?

De quem é esta saudade,
de quem?

Aquelas mãos só carícias,
Aqueles olhos de apelo,
aqueles lábios-desejo...

E estes dedos engelhados,
e este olhar de vã procura,
e esta boca sem um beijo...

De quem é esta saudade
que sinto quando me vejo?


2 comentários:

  1. Sou ilha perdida dentro de outra ilha
    Filhos de um Deus que nos torna pequenos
    Talvez sejas a fonte da minha saciação
    Talvez esteja aprisionado este pobre coração

    Esta minha insaciável sede para um regresso
    Porque me perdi
    Entre a frieza dos homens
    Alimentei a alma de Ti

    Bom fim de semana

    Beijinho

    ResponderExcluir
  2. Agradeço pela presença e por tão belo poema.
    Boa semana pra você!
    Abraços

    ResponderExcluir