Seguidores

Pablo Neruda


Se há uma pedra destroçada
dela faço parte:
estive na ventania,
na onda,
no incêndio terrestre.

Respeita essa pedra perdida.

Se encontras num caminho
um menino
roubando maçãs
e um velho surdo
com um acordeom,
recorda que eu sou
o menino, as maçãs e o ancião.
Não me magoes perseguindo o menino,
não batas no velho vagabundo,
não atires ao rio as maçãs.


3 comentários:

  1. Em nossas vidas, experienciamos todas as situações...
    Neruda, belíssimo.
    Nádia, beijo!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Shirley!
    Sua presença sempre bem-vinda.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. o Tempo das coisas em nós. . bjs.

    ResponderExcluir