Seguidores

Bucólica - Ronald de Carvalho

A manhã parece que nasceu do teu riso,
do teu riso de pássaro ou de fonte.

Vibram na tua voz trilhos d’água fresca,
d’água que escorre por entre avencas e samambaias.

E as tuas mãos são duas borboletas brancas
voando sobre papoulas e tinhorões,
Voando na luz da manhã...

Nenhum comentário:

Postar um comentário