Seguidores

Lenda indígena de como nasceu o Amazonas - Gastón Figueira

Rio maravilhoso: eu sei como nasceste...
Eu sei que há muitos anos, há milênios,
a Lua e o Sol se amaram...
Mas, para o bem da Terra,
esse nascente amor sacrificaram
...porque, se a Lua e o Sol
algum dia se unissem,
o mundo acabaria inundado
pelas apaixonadas lágrimas da Lua,
ou queimado pelo constante e ardente amor do Sol...
Era, pois, impossível, dolorosa, essa imensa paixão!
À Lua, fraca, sensível,
o carinho arrancaria lágrimas ternas e doces.
O Sol, forte, abrasador,
seus raios aumentaria com o amor.
E o mundo, então, seria todo de Água ou de Fogo,
que jamais podem unir-se...
Por isso, a Lua e o Sol
seu amor sacrificaram:para sempre,
se afastaram, tomando rumos distintos...
E, nessa noite,
a Lua, sozinha, sozinha,
ferida de amor, chorou,
Suas lágrimas caíram na superfície do mar;
mas, também, foi impossível misturar o pranto doce da Lua
com o pranto amargo do mar.
Toda aquela tristeza e toda aquela dor
mudaram-se em beleza..
pois, das lágrimas doces vertidas pela Lua,
grande, maravilhoso,
um rio se formou...


Nenhum comentário:

Postar um comentário