Seguidores

Viés - Adélia Prado

Ó lua, fragmento de terra na diáspora,
desejável deserto, lua seca.
Nunca me confessei às coisas,
tão melhor do que elas me julgava.
Hoje, por preposto de Deus escolho-te,
clarão indireto, luz que não cintila.
Quero misericórdia
e por nenhum romantismo sou movida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário