Seguidores

Nas cavernas do mar - Yorgos Seferis

Nas cavernas do mar
há uma sede, há um amor
há um êxtase
inabalável como as conchas
que você segura na palma da mão.

Nas cavernas do mar
durante dias contemplei teus olhos,
e não nos conhecemos.


Tradução: Priscila Manhães

Nenhum comentário:

Postar um comentário