Seguidores

Tranquilidade na tarde - Olga Savary



A Liene T. Eiten

Ah, derramar-me líquida sobre o mar
– ser onda indefinidamente –
esperar pela primeira estrela
e dela ser apenas
espelho.

4 comentários:

  1. Ah Nádia, ser onda indefinidamente...esperar pela primeira estrela...seria bom demais..
    adoro o seu cantinho de poesia.

    beijos querida.
    OA.S

    ResponderExcluir
  2. Lindo.

    Me senti no mar, suave, esperançoso.

    "Nosso Coração é Uma Casa onde ninguém entra e sai, com ou sem nossa permissão, sem deixar marcas nas paredes."

    (Letícia Thompson)


    ...........|""""""""""""""""""""""""||_
    ...........|Neste "♥" tem amizade, |||"|""___
    ...........|________________ _ |||_|___|)
    ...........!(@)'(@)""""**!(@)(@)***!(@)

    Trago um caminhão de sucessso e alegria pra tua semana.
    Beijo da amiga.

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigada pelo carinho de vocês.
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  4. Oi Nádia, que lindas palavras... Adoraria me deixar levar pelo mar, ser a onda perfeita e contemplar estrelas! Obrigado pelas visitas carinhosas. Passando pra te desejar também um ótimo início de semana!!!!! Beijaummm bye

    ResponderExcluir