Seguidores

Homero Frei


Entre uma voz que sonha e outra que sabe
O poema é apenas parte do silêncio
Que entra nos homens para que eles gritem
Que sai do poeta para que ele nasça
Ao fim do ramo das palavras mortas -
Terra, semente, sol e rosa!

4 comentários:

  1. linda amei, bom seu é tudo de bom. sucesso

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Liza!
    Muito bom receber sua visita e comentário.

    Seja bem-vinda!
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Nádia! Passear por teu blog é apreciar a vitrine da poesia. Belas escolhas vc fez amiga! Seu blog é um luxo! Tenha uma abençoada semana. Bjss!

    ResponderExcluir
  4. Bom dia, Diná!
    Começar a semana com este carinho é muito bom...
    Agradeço de coração e seja sempre bem-vinda!
    Boa semana pra você também.
    Beijos

    ResponderExcluir