Seguidores

As nuvens são sombrias - Fernando Pessoa


As nuvens são sombrias
Mas, nos lados do sul,
Um bocado do céu
É tristemente azul.

Assim, no pensamento,
Sem haver solução,
Há um bocado que lembra
Que existe o coração.

E esse bocado é que é
A verdade que  está
A ser beleza eterna
Para além do que há. 

3 comentários:

  1. Inventei a ironia numa toada de vento
    Roubei as asas a uma gaivota azul
    Colei-lhes um poema cheio de penas
    E enviei-o para uma tonta do sul

    Inventei um mar numa bola de sabão
    Roubei uma corda forte e boa
    Atei um rol de mágoa à mesma
    E afoguei-as nas águas de uma lagoa

    Bom fim de semana


    Doce beijo

    ResponderExcluir
  2. LINDO!!Fascinante imagem. Bjs.Nádia.

    ResponderExcluir
  3. Obrigada, Lourdinha e O Profeta.

    Peço desculpas pela ausência,
    mas final de ano letivo o trabalho de um professor triplica...

    Logo estarei visitando-os.

    Boa semana!
    Beijos :)

    ResponderExcluir