Seguidores

Saudade, sempre - João Guimarães Rosa

Sem mim
me agarro a um tanto de mim
não aqui
já existente
sobre tudo e abismo.
Horas são outrora
além-de. O
muito em mim me faz:
som de solidão.


Um comentário: