Seguidores

O tempo dos homens - Ildásio Tavares



O tempo dos homens é feito de pedra,
É feito de carne, de sangue, de dor,
O tempo dos homens é feito de tempo
Que é tempo sem tempo, sem luz, sem amor.
Trezentos e sessenta e cinco dias,
Seis horas,
Uns tantos minutos
E segundos,
Leva o mundo
Para girar girando em torno ao sol,
Em sucessão de
Primavera, Verão, Outono, Inverno,
Sol e Sombra,
Noite e Dia.
Eterna imperturbável harmonia.
Os homens não cansam, não param, não dobram,
Comendo, comendo, sem ver, sem olhar,
Os homens não pensam, não falam, não dormem,
No tempo sem tempo do tempo a passar.  


2 comentários:

  1. Essa correria tem nos tragado a essência de viver. Não dá mais pra ser assim!

    ResponderExcluir
  2. ...nesta corrida contra o tempo.
    Grandes palavras, que nos mostram o verdadeiro tempo dos homens.

    Beijinho Nadia, boa semana
    cvb

    ResponderExcluir